PRINTS DO EVENTO ONLINE REALIZADOS COM AUTORIZAÇÃO DA BIG ORANGE ENTERTAINMENT

No dia 3 de julho, aconteceu o fanmeeting on-line com o cantor Woosoo, ex-integrante do grupo MASC.

Woosoo nasceu no dia 5 de setembro de 1989. Ele debutou com o grupo MASC em 2016 e seguiu suas atividades com o grupo até 2020 quando decidiu seguir carreira solo. Agora trabalha em suas músicas de uma maneira mais livre e autêntica.

Woosoo, ex-integrante do grupo MASC [Entrevista]

O Koreapost teve a oportunidade de participar do evento como imprensa, à convite da Big Orange Entertainment, na pessoa de nossa repórter Lisliane Pereira, e como fã, com a participação  da voluntária Ana Rute Duarte.

O evento reuniu vários fãs brasileiros de diversas partes do país, todos reunidos pela admiração e pelo amor ao cantor que conseguia sentir o calor dos fãs brasileiros mesmo estando do outro lado do mundo.

Woosoo, ex-integrante do grupo MASC [Entrevista]

Desde o começo do evento, Woosoo estava sorridente e animado, sempre olhando para os rostos dos fãs que estavam presentes, teve músicas, perguntas e muita interação com os fãs! E falando do Woosoo, é claro que ele seria super atencioso com todos ali! A primeira coisa que ele disse foi que ele mal dormiu na noite anterior de tão ansioso que ele estava para encontrar os fãs brasileiros.

A primeira música que abriu a noite foi o seu último lançamento “The Rain”, e também cantou “Tina” do grupo MASC. Claro que bateu a saudade do grupo e todo mundo aproveitou para curtir o momento! Woosoo ainda afirmou que essa era a primeira vez que cantava essa música sem os outros integrantes e que era bem diferente.

Woosoo, ex-integrante do grupo MASC [Entrevista]
No destaque, nossa voluntária, Ana Rute Duarte. Fotos e nomes de outros fãs apagados em respeito ao direito de imagem.

Alguém aí pensa que os idols não reconhecem as fãs? Esse não é o caso quando estamos falando do Woosoo. Ele comentou que reconhecia vários rostos dos últimos encontros no Brasil. Aliás, foi ele  que montou tudinho para os fãs! O carinho é enorme e as fãs elogiaram a produção, afinal, foi pensado nos mínimos detalhes para todos ali.

Só que o auge do fanmeeting estava por vir, a interação com as fãs sorteadas contagiou todos os outros ali, se acontece com uma fã, todo mundo sente o mesmo frio na barriga, não é?

Advinhem o que a primeira fã recebeu? Uma serenata! Quem aí adoraria uma serenata cantada pelo seu idol? Essa sortuda teve essa experiência maravilhosa! E ela até brincou com o Woosoo, perguntando se ele iria fazer a serenata direto da sacada dela, e ele falou que só precisava das passagens e iria.

A próxima ganhou uma música de ninar, mas não foi qualquer uma, foi “Nana neném”, uma música de ninar em português e Woosoo não deixou a desejar não, a pronúncia dele estava quase de nativo! E depois, ele pediu para a sorteada, cantar de volta para ele.

A terceira sorteada ganhou uma morning call, aquelas mensagens de bom dia que dá para colocar como despertador, com direito até a um “eu te amo” em português. Quem não iria querer acordar assim, não é mesmo?

Para a quarta sorteada, ele cantou uma canção de ninar em coreano, todo doce e carinhoso. Ela ficou toda boba, e não é para menos, não é?

E a última, ganhou nada mais nada menos que um comentário em um post do Instagram! Isso, claro, depois de ter tido um momento de conversa com ela. Quem não amaria ver a notificação do seu idol no Instagram?

Estávamos esperando tudo, menos o Woosoo cantando a música “Talismã” da Iza, ao vivo. Foi maravilhoso! Além dele ter pouco sotaque, a voz dele é linda e deu todo um charme para essa música. Ver nossos idols falando no nosso idioma aquece o coração.

Woosoo, ex-integrante do grupo MASC [Entrevista]
Woosoo canta sob o olhar enternecido da nossa repórter Lis Pereira.

Para completar o clima, a música que ele cantou foi “Because of you“, todas as fãs se derreteram com o momento e era nítido o sorriso em cada uma das câmeras, aquele momento especial entre fandom e artista.

Mais um sorteio foi feito e a sorteada escolheu a música “Run to you”, do MASC. O Woosoo disse que continua conversando com os outros meninos e se abriu, falando que seu maior desejo é continuar fazendo música para seus fãs.

No final, o Woosoo leu o nome de todos os fãs presentes, em português, da maneira mais fofa e carinhosa, tentando gravar todos os rostos ali na tela. Foi gratificante ver ele pronunciando os nomes, como se fossem – e são – extremamente preciosos.

Woosoo, ex-integrante do grupo MASC [Entrevista]

A experiência foi maravilhosa, o Woosoo é uma pessoa que esbanja carisma e é muito carinhoso com os fãs, pensando em cada detalhe do fanmeeting. E você? Participou do evento? Gostaria de ter participado? Conta para a Koreapost o momento que te deixou mais emocionada ou animada!

Está triste porque acabou? Não se preocupe! A gente conseguiu participar da entrevista  com o Woosoo e ele respondeu algumas perguntas que vocês adorarão saber!

ENTREVISTA

1. Quais são as maiores diferenças entre seguir uma carreira solo e uma carreira em grupo?

Em primeiro lugar, ser livre é uma vantagem e a desvantagem é ser solitário. Musicalmente, as atividades solo são focadas em mim, enquanto as atividades em grupo são focadas na imagem da equipe. É bom poder me concentrar um pouco em mim mesmo, e há muitas situações em que o faço isso agora, mas sinto falta dos meus companheiros de equipe em quem eu sempre confiei.

2. Que desafios você está enfrentando nesta nova fase e quais desejos você mais deseja realizar?

Atualmente, como primeiro passo em estar sozinho, estou trabalhando na produção geral.
É por isso que quero ser mais cuidadoso e oferecer uma música melhor para vocês. Espero que muitas pessoas se identifiquem com minhas canções de amor, separação, alegria e tristeza.

3. Quais foram suas inspirações para seguir a carreira de cantor e quais são suas inspirações atuais?

Eu quero trabalhar não apenas na Coreia, mas também com vários artistas ao redor do mundo.

4 Como era sua rotina neste momento de tantas restrições pelo mundo, por conta da COVID-19, e do que você mais sente falta?

Foi uma época solitária para mim, uma alma livre. Estamos conhecendo nossos fãs por meio de vários eventos online. Espero que possamos nos encontrar pessoalmente o mais rápido possível.

5. Como é poder reencontrar os fãs por meio de vídeo-chamada?

Fizemos eventos semelhantes antes, mas por meio deste evento no Brasil, nós nos esforçamos para chegar até nossos fãs de uma nova maneira. Apresentações, fanmeetings, conversas, vários eventos (chamadas matinais, chamadas noturnas), etc. Eu quero ficar mais perto dos meus fãs.

6. E por falar em saudades, nós estávamos com muitas saudades suas! Queremos saber, quando vc veio ao Brasil, o que mais te surpreendeu ou chocou aqui?

O que mais me chocou no Brasil foi que ficava tão longe da Coreia. É incrível que existam fãs que nos conhecem e me amam em um país tão distante. Foi fantástico. Conheci várias pessoas e senti que sua paixão era enorme. No show, uma pessoa tem o poder de se parecer com 100 pessoas!

7. E se você tivesse a oportunidade de voltar ao Brasil, o que gostaria de fazer que não tinha feito antes?

Desta vez, como artista solo, não como um grupo, quero conhecer e lembrar cada um de nossos fãs. Quero me lembrar de todas as memórias de nossos dias de juventude. Eu não conseguia fazer isso antes, mas quero poder falar com cada um de vocês.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

quinze + onze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.