O Escritório Coreano de Propriedade Intelectual (KIPO) anunciou recentemente um processo simplificado para empresas estrangeiras na solicitação de patente ou marca registrada comercial.

Até agora, os representantes de empresas estrangeiras eram obrigados a apresentar certificados para identificar a autoridade das assinaturas incluídas na carta de mandato, em caso da assinatura não ser do CEO da empresa. A maioria dos outros países não exige a assinatura do CEO e permite que os executivos de nível inferior legitimem o mandato, de acordo com o escritório.

Escritório (Imagem: Yonhap)
Escritório Coreano de Propriedade Intelectual – KIPO Foto: Yonhap

Com o recebimento de queixas geradas por empresas estrangeiras, devido a obrigação ser inconveniente e não refletir a tendência geral dos outros países, a KIPO revisou os projetos de lei em cooperação com a Associação Coreana de Advogados de Patentes (KPAA). As empresas que usam carimbos ao invés de assinaturas seriam irrelevantes em relação à última alteração.

O comissário da KIPO, Sung Yun-mo, disse: “Através de sistemas melhorados, esperamos que as empresas estrangeiras tenham menos inconveniências relacionadas aos seus certificados”.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.