A loja Daiso está se esforçando para promover o fato de que é uma empresa coreana em meio a especulação sobre seus os laços com a loja japonesa do mesmo nome.

Sob o novo slogan ‘a loja do povo’, a Daiso lançou uma campanha como parte de sua estratégia para acabar com as dúvidas sobre sua nacionalidade.

(Imagem: Yonhap)
(Imagem: Yonhap)

“Apesar da matriz Hanil Manpower, fornecedora exclusiva da Daiso no Japão anteriormente, receber um investimento em capital no valor de 34%, o restante das ações da empresa são pertencentes a sul-coreanos, incluindo o presidente Park Jung-boo,” disse um alto funcionário da Daiso.

“Mesmo usando a mesma marca, não pagamos royalties. Nossas identidades de marca são diferentes e desde os primeiros estágios de nossos negócios, os direitos de marca foram aplicados e registrados sob o nome de Asung Daiso,” acrescentou.

Para atrair investimentos da Daiso e ganhar conhecimento, a empresa alterou seu nome de ‘Asung’ para ‘Asung Daiso’, ganhando então os direitos de operar sob o nome de Daiso na Coreia do Sul.

A Daiso começou como uma pequena loja dedicada à venda de produtos domésticos em Seul, antes da crise financeira atingir a Ásia em 1997. Hoje, a Daiso é uma gigante varejista sul-coreana, vendendo mais de 30 mil tipos de itens a preços acessíveis.

(Imagem: The Korea Bizwire)
(Imagem: The Korea Bizwire)

Tecnicamente, é uma empresa de investimento estrangeiro, de acordo com a Lei de Promoção de Investimentos Estrangeiros (FIPA). É diferente de companhias estrangeiras, onde as decisões são tomadas da sede localizada em outro lugar “, disse o funcionário da Daiso.

A Daiso já enfrentou questões sobre sua nacionalidade há algum tempo, devido ao seu nome e semelhanças com a marca japonesa. Marcando seu 20º aniversário este ano, como uma das varejistas mais bem-sucedidas do país, com preços acessíveis e uma ampla gama de itens oferecidos, a Daiso ajuda no impulsionamento do investimento doméstico, na criação de empregos e empresas de pequeno a médio porte.

Graças ao esforços da produzir produtos de sucesso internacional em casa, os produtos sul-coreanos representaram 70% de todos os itens vendidos em 2015, criando oportunidades de emprego para mais de 600 empresas.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.