Comparado à alguns anos atrás, muitos dos executivos dos conglomerados familiares na Coreia do Sul hoje em dia são mulheres ou pertencem à geração mais jovem, segundo dados de uma pesquisa divulgada dia 20 de abril.

Presidentes de seis grupos nasceram a partir 1970 e aproximadamente um quarto dos 150 jovens executivos de conglomerados são mulheres, de acordo o Instituto CXO Coreia, acrescentando que essa pesquisa envolveu os 200 maiores grupos empresariais da atualidade.

Entre as novas lideranças do mundo dos negócios nos 10 maiores conglomerados estão Kwang-mo Koo, 42 anos, da LG, e Won-tae Cho, de 45 anos, presidente da Hanjin. Koo se tornou presidente do grupo LG em 2018, aos 40 anos. Cho assumiu a liderança do grupo Hanjin quando seu pai, Yang-ho Cho, faleceu em abril do ano passado.

Yoo-kyung Chung, líder da Shinsegae. Fonte: The Korea Herald

Ji-sun Chung, 48 anos, já é presidente da loja de departamentos Hyundai à 13 anos. Já In-ok Lee, 49 anos, tem se mantido como presidente da Chosun Refractories desde 2013.

Ho-joong Yoon, 49 anos, da Yakult Coreia, e Joo-hwan Park, 37 anos, da Huchems, assumiram seus atuais cargos esse ano.

Dentre os potenciais candidatos para os postos mais altos estão 15 jovens vice-presidentes, aponta a pesquisa.

Vice-presidente executivo do grupo Hyundai Motor, Euisun Chung, 50 anos, e Ho-chan Kang, 49 anos, vice-presidente do grupo Nexen, são os únicos filhos homens dos atuais líderes das companhias, respectivamente, Mong-koo Chung e Byung-joong Kang.

A pesquisa descobriu 33 jovens presidentes mulheres entre os 200 conglomerados pesquisados. Entre essas se inclui Boo-jin Lee, 50 anos, do Hotel Shilla, Yoo-kyung Chung, 48 anos, da loja de departamentos Shinsegae, e Rae-eun Sung, 42 anos, da Youngwon.

Boo-jin Lee, líder do Hotel Shilla. Fonte: The Korea Herald.

De todos os executivos de 150 grupos familiares que nasceram a partir de 1970, a maior parte (24) nasceu em 1974 ou 1975. Outros 23 nasceram em 70 ou 71, e quatro nasceram nos anos 90.

O membro mais jovem de um dessas famílias a deter o título de executivo é Min-sung Kim, diretor-geral da Hoban Industrial, o segundo filho da presidente da Hoban Construction, Sang-yeol Kim. Kim, de 26 anos, é o maior acionista na Hoban Industrial, com 41,99% de participação. Sua irmã mais velha, Yoon-hye, de 28 anos, diretora da Hoban Vertium, é a executiva mais jovem entre todos os grupos econômicos comandados por familias tradicionais. O vice-presidente da Hoban Construction, Dae-hun Kim, 32 anos, filho mais velho do presidente Kim, está também no começo dos seus 30 anos e detém 54,73% de participação da empresa.

Dos 150 jovens executivos, 116 são homens e 34, mulheres. Os homens somam 77,3% do total de chefes, enquanto as mulheres são 22,7%.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.