O Presidente da gigante empresa de cosméticos AmorePacific, Suh Kyung Bae anunciou um plano para doar sua fortuna privada de 300 bilhões de wons (R$ 877,5 milhões) para a fundação da ciência que ele logo irá fundar.

Presidente da AmorePacific Suh Kyung-bae fala em uma conferência de imprensa em Seul. (AmorePacific)
Presidente da AmorePacific Suh Kyung-bae fala em uma conferência de imprensa em Seul. (AmorePacific)

Eu queria contribuir pessoalmente para a sociedade uma vez que eu devo o meu sucesso à muitas pessoas”, disse Kyung Bae durante uma conferência de imprensa em Seul.

Ele ressaltou que a Fundação Suh Kyung Bae de Ciência não está relacionada com a sua empresa, uma vez que a mesma já tem seus próprios órgãos de caridade, como a Fundação AmorePacific e Fundação Assistencial AmorePacific.

O Presidente Kyung Bae planeja vender ações preferenciais do Grupo AmorePacific ou AmorePacific Corp. que ele mesmo possui, para levantar os fundos.

Para fundação é esperado um gasto de 20 bilhões de won (R$ 65 milhões) por ano, incluindo 18 bilhões de won (R$ 58,5 milhões) para o financiamento de projetos de pesquisa. Kyung Bae é o segundo homem mais rico da Coreia do Sul, com um patrimônio líquido de US$ 8,2 bilhões (R$26,6 milhões), logo atrás de Lee Kun-Hee presidente da Samsung, com US$ 14 bilhões (R$ 45,5 milhões).

Quando a empresa estava passando por um momento muito difícil, em meados dos anos 90, fomos capazes de lidar com as dificuldades com ciência e tecnologia“, disse Kyung Bae,  sobre a motivação de construir a primeira fundação financiada pela sua riqueza privada.

Ele também disse que quer ver realizações inovadoras em 20 ou 30 anos, o que possam trazer as mudanças positivas na vida diária do ser humano.

A fundação irá selecionar de três a cinco pesquisadores com foco em ciência pura e da vida, a cada ano, e oferecerá financiamentos de até 2,5 bilhões de won (R$ 8,1 milhões) para cada projeto no período de cinco anos.

A fundação Kyung Bae fará um anúncio em novembro e começar a aceitar propostas a partir Janeiro e Fevereiro de 2017. Após análise aprofundada, a fundação vai anunciar sua decisão em Junho de 2017 conforme informações da própria.

Inicialmente, a fundação vai apoiar cientistas inovadores da Coreia, mas irá gradualmente abrir as portas para outros pesquisadores na Ásia, disse Kyung Bae.

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.