A atleta de ginástica rítmica Son Yeon-Jae anunciou sua aposentadoria este sábado (18), aos 22 anos.

Um representante da agência de Yeon-Jae, Galaxia SM, conta que ela não irá mais participar de competições do esporte, nem das seleções para o time nacional, que começarão no próximo mês.

YONG JAE 1

A ginasta vem pensando na aposentadoria desde as olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, competição na qual ela ficou em quarto lugar no individual geral, a segunda da Ásia a conseguir esse feito na história.

Em mensagem postada em sua conta pessoal do Instagram, Yeon-Jae diz: “Estou feliz com o fim, e corri até o final. Mas, estou emocionada. Não por que estou arrependida, pois não tenho nenhum arrependimento. Estou muito feliz e grata por esses 17 anos, por saber que cresci e aprendi muito, eles foram muito importantes. Não foi simplesmente um esporte. Eu fiquei mais forte, aguentei uma vida cansativa e difícil diariamente, aprendi que o esforço nem sempre é recompensado na mesma proporção, e acreditei que o comprometimento seria sim recompensado, mesmo que levasse um tempo. Eu me esforcei até não aguentar mais, e aprendi a acreditar em mim mesma mais do que tudo. E a partir de agora, acredito que tudo que eu aprendi com a ginástica rítmica irá me guiar na nova jornada. Uma pessoa flexível, mas forte, simples, mas completa. Agora, eu acredito que serei mais feliz fazendo as coisas que quiser fazer. E obrigado a todos que estiveram do meu lado até agora.”

Yeon-Jae esteve sob os holofotes em seu país desde sua estreia profissional em 2010, quando ganhou bronze nos Jogos Asiáticos e se tornou a primeira sul-coreana a levar uma medalha na competição. Ela então se classificou para as Olimpíadas de Londres, em 2012, e terminou em quinto lugar (primeira sul-coreana a se classificar para uma final olímpica).

Em 2014, mais um ouro nos Jogos Asiáticos, desta vez em casa. Ela se classificou para as Olimpíadas Rio 2016, mas não resistiu à pressão de ser a primeira sul-coreana a ganhar uma medalha olímpica, ficando com o quarto lugar.

Depois das Olimpíadas do Rio, Yeon-Jae comentou que gostaria de sair da ginástica para tentar viver uma vida comum. Foto: Yonhap.
Depois das Olimpíadas do Rio, Yeon-Jae comentou que gostaria de sair da ginástica para tentar viver uma vida comum. Foto: Yonhap.

Veja a apresentação da atleta com o aparelho bola no mundial de 2016 em Espoo, na Finlândia, evento no qual conquistou medalha de ouro.

Ainda em 2016, Yeon-Jae foi votada como a principal atleta do país no ano, em uma pesquisa nacional conduzida pela Gallup Korea. A ginasta esteve no topo da lista em outras duas edições: 2012 e 2014.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.