Foto: CCH

O Centro Cultural Hallyu foi criado por um grupo de brasileiros e coreanos, e foi inaugurado em julho de 2016, com o intuito de promover e divulgar a cultura coreana aos brasileiros.

O Centro está localizado dentro do NAMU Coworking, no Bom Retiro, bairro considerado a KoreaTown brasileira, onde vive grande parte da colônia coreana da cidade de São Paulo. O bairro concentra cafés, lojas, restaurantes e mercados que vendem comidas e diversos outros produtos tradicionais coreanos.

Centro Cultural Hallyu, Um Pedaço da Coreia em São Paulo
Foto: CCH

O Centro Cultural Hallyu é um espaço multiuso que além de salões para exposição e palestras, abriga salas de aula onde são realizadas as aulas de coreano, de caligrafia e outras modalidades culturais da Coreia, como Hanji, Dobradura, Costura e Gastronomia, além de um espaço dedicado às aulas de dança.

Curso de Língua Coreana

O cursos do Centro Cultural Hallyu são presenciais e Online, com professores nativos e conta com aulas especiais da Diretora Executiva, Kim Yoo na. Há aulas desde o nivel básico até a fluência total e conta com grupos de apoio no Facebook e Whats App.

Maiores informações podem ser obtidas, clicando aqui.

Centro Cultural Hallyu, Um Pedaço da Coreia em São Paulo
Foto: CCH

Intercâmbio para a Coreia do Sul

Existem diversos programas de intercâmbio e viagens para a Coreia do Sul, organizadas pelo Centro Cultural Hallyu. Maiores informações podem ser obtidas clicando aqui.

Centro Cultural Hallyu, Um Pedaço da Coreia em São Paulo
Foto: CK Turistando

Aulas de Dança

Para os fãs da Hallyu (onda coreana) que gostam de K-pop, o Centro Cultural Hallyu tem aulas de dança toda semana, na Unidade Guarani, às terças-feiras e aos sábados.

Maiores informações podem ser obtidas clicando aqui.

Assistência aos Idosos da Região

Além de tudo que oferece ao amantes da cultura coreana, o Centro Cultural Hallyu também faz um tabalho de assistência social. Oferecem acupuntura gratuitamente aos idosos e com aumento da procura por moradores da região, além da própria comunidade coreana,  passaram atender à todos, sem distinção de nacionalidade ou idade. Além disso, teem também sessões de massagem com equipamentos trazidos da Coreia do Sul.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

um × 5 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.