O primeiro satélite de comunicações militares da Coreia do Sul foi exitosamente lançado no espaço no dia 20 de Julho, divulgou a agência responsável por contratos públicos de Seul, tornando o país, o décimo do mundo a possuir um satélite de comunicações apenas para fins militares.

O satélite Anasis-II decolou, junto de um foguete Falcon 9 Block 5 fabricado pela empresa espacial americana SpaceX , do Kennedy Space Center, na Flórida, às 17:30 (horário dos EUA), de acordo com a Administração do Programa de Aquisições de Defesa (DAPA).

Depois de se separar do foguete, o satélite se comunicou com sucesso com o Centro de Operações Espaciais de Toulouse, na cidade francesa de Toulouse às 19h19.

Fonte: UPI.

A DAPA afirmou que estava previsto que o satélite se separasse do foguete 32 minutos após o lançamento, a uma altitude de cerca de 630 quilômetros acima do equador, e tentasse enviar seu primeiro sinal ao solo 18 minutos depois.

Em duas semanas, o satélite deverá atingir sua órbita de 36.000 km. Ainda segundo a DAPA, as forças armadas sul-coreanas assumirão o sistema em outubro, depois que o fabricante Airbus Defense and Space testar suas funções e operabilidade.

O Anasis-II estava originalmente programado para ser lançado no início de julho, mas a decolagem foi adiada devido a uma inspeção de hardware, disse a SpaceX.

Momento exato em que satélite sul-coreano é lançado. | Foto: SpaceX

“Com o lançamento bem-sucedido do satélite Anasis-II, a Coreia do Sul conseguiu garantir seu primeiro satélite de comunicação apenas militar que substituirá o satélite Anasis-I usado para fins civis e militares”, disse a DAPA em um comunicado.

O projeto faz parte de um pacote de compensação pela compra de 40 caças F-35A da Lockheed Martin em 2014 pela Coreia do Sul.

A Lockheed subcontratou o acordo de fabricação de satélites em 2016 para a Airbus.

O satélite tem como base a plataforma de satélite Airbus Eurostar E3000 e fornecerá “comunicações seguras em ampla cobertura”, de acordo com o fabricante. Outras características detalhadas não são conhecidas.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.