Um novo documentário sobre o trágico acidente com a balsa Sewol está fazendo sucesso como mostram dados da última semana, que marcou o quarto aniversário do pior desastre marítimo da Coreia.

“Intention” se tornou o documentário político mais assistido da história do país na última quinta-feira, com 276.474 espectadores, de acordo com a contagem do Conselho Coreano de Filmes (KOFIC).

A balsa Sewol afundou em 16 de abril de 2014 e custou a vida de quase 300 vítimas, a maioria estudantes e professores que participavam de uma excursão.

Lançado em 12 de abril, o filme dirigido por Kim Ji-young mostra os acontecimentos desde a partida da balsa do porto de Incheon para a ilha de Jeju, e compõe uma análise científica dos motivos do acidente.

O diretor Kim Ji-young. Foto: Sedaily
O diretor Kim Ji-young. Foto: Sedaily

O líder anterior na categoria de documentários políticos era “Criminal Conspiracy”, sobre as denúncias de censura da mídia pelos governos de Park Geun-hye e Lee Myung-bak. O filme atraiu 260.512 espectadores durante sua exibição em agosto de 2017.

 “Intention” bateu o recorde de “Criminal Conspiracy” oito dias após o lançamento. O documentário ficou no topo das listas por três dias a partir da última segunda-feira, o aniversário de quatro anos do acidente, somando de 20 a 30 mil espectadores por dia.

Na última quinta-feira, dia 19, o documentário ficou em terceiro na lista dos mais assistidos, perdendo apenas para o hollywoodiano “Rampage: Destruição Total” e o thriller coreano “Marionette”.

Mais informações sobre a tragédia com a balsa Sewol, podem ser obtidas nos posts anteriores no Koreapost, sobre o assunto: Coreia do Sul ainda chora sua maior tragédia e Tragédia da Balsa Sewol – 1000 Dias de Espera.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.