Para as pessoas que saem de casa por um tempo, voltar e encontrar suas plantas mortas depois de não ter ninguém para cuidar delas, é certamente uma experiência desmoralizante.

Foi assim que Kim Kwang-soo, 37, fundador do Plant Hotel, teve a ideia de criar um lugar especial onde as plantas pudessem receber cuidados e rejuvenescer.

Localizado em Seongnam, na província de Gyeomggi, o Plant Hotel é uma das 4 unidades de negócios – incluindo uma biblioteca, um laboratório experimental e um marketplace de segunda mão – que é parte do Garden Earth,  criado em 2020.

Hotel para plantas na Coreia é inspirado em questões ambientais
The Korea Times

Os quatro negócios foram inspirados por outro projeto de Kim, decoração de interiores com plantas, em operação desde 2019. Por meio desse trabalho, ele teve consciência da necessidade de salvar plantas vivas e se comprometeu com um objetivo mais amplo, o da neutralização do carbono.

Também ex-designer de moda, ele entrou no negócio de design de interiores usando plantas depois de trabalhar por cinco anos na empresa de moda coreana Cheil Industries. Kim queria combinar sua experiência em moda com seu hobby de jardinagem.

“E foi um choque ver a enorme quantidade de plantas vivas sendo descartadas em shopping centers, hotéis e muito mais, quando não eram mais necessárias no marketing”, disse Kim ao The Korea Times em entrevista por telefone. “Como amante de plantas, achei intolerável e procurei maneiras de corrigir essas práticas comerciais que são contra a natureza.”

Espalhadas por Seul e província de Gyeonggi, as unidades diferem em suas principais tarefas, mas compartilham serviços para clientes que querem tornar as plantas saudáveis, como replantar e vender nutrientes suplementares a preços razoáveis.

No caso do Plant Hotel, os serviços imitam os encontrados nos hotéis. Por exemplo, os clientes fazem o check-in das plantas preenchendo um formulário, então elas são mantidas em um espaço privado como se estivessem em um quarto de hotel, garantindo assim a  segurança da planta. Cada uma é armazenada e acessível com apenas uma chave.

Hotel para plantas na Coreia é inspirado em questões ambientais
The Korea Times

O armazenamento custa apenas alguns wons por dia.

Com uma sensação de interior de hotel antigo, a área onde ficam as chaves é feita de madeira com aparência de pelúcia. A frente do espaço é de vidro para que as plantas recebam muita luz natural. Além disso, um total de 10 purificadores de ar e umidificadores funcionam 24 horas por dia para criar condições ideais.

A “equipe do hotel” verifica diariamente as plantas e oferece serviços personalizados de acordo com as necessidades de cada uma.

“Penso no cultivo de plantas como um processo de comunicação entre humanos e natureza e, nesse sentido, o negócio de hotéis com plantas é significativo, pois pode fazer com que essa comunicação dure mais”, disse Kim.

Kim considera promissores o Plant Hotel e outros negócios relevantes, observando que o número de clientes nas quatro unidades combinadas é estimado entre 2.000 e 3.000 nos fins de semana.

“Esta é uma grande melhoria desde os estágios iniciais, quando as pessoas não entendiam exatamente o que era o negócio de serviços de manutenção de plantas”, disse ele.

As vendas aumentaram mais de 20 vezes para 2,1 bilhões de won (US$ 1,7 milhão) entre 2019 e 2021. Este ano, espera-se que chegue perto de 4 bilhões de won.

Citando revistas sobre tendências de negócios, Kim também disse que os cuidados com as plantas estão surgindo como uma palavra-chave em 2022 e que o tamanho do mercado relevante na Coreia vale 4 trilhões de won.

Kim disse que planeja compartilhar seu conhecimento e dicas gratuitamente no site da empresa e no aplicativo que está sendo idealizado.

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.