Um cão idoso recebe tratamento de acupuntura por suas articulações doloridas. Um filhote de cachorro frequenta um “jardim de infância de cães” dois a três dias por semana para nutrir habilidades sociais.

Quase 1 em cada 5 famílias coreanas possuem animais de estimação e muitas delas os tratam como integrantes de pleno direito da família. Ter um cão mimado não é mais privilégio das celebridades de Hollywood!

Foto: Mercy Pet Clinic

O cenário de animais de estimação em rápida evolução na Coreia está produzindo novos produtos e serviços, alguns destes muito criativos, desde rastreadores inteligentes de animais a cervejas não alcoólicas para cachorros (oi??). O cuidado com animais de estimação é uma indústria em crescimento, apoiada pelas muitas pessoas que hoje são da “tribo de animais de estimação”, que afirmam que os pets são da família.

“A indústria de cuidados aos animais cresceu em média 14,1% ao ano nos últimos três anos, atingindo 2,3 trilhões de won (US $ 1,9 bilhão) no final de 2017. Espera-se que cresça mais de 10% ao ano para atingir 6 trilhões de won em 2027 ”, de acordo com um relatório da KB Research, os gastos médios das famílias com cães de estimação chegaram a 128.000 won por mês em 2017 e 120.000 won no caso de gatos, mostrou o estudo.

A tecnologia também está apresentando novas criações, com dispositivos inteligentes baseados na internet, que permitem que os proprietários monitorem, alimentem e entretenham os animais de estimação, mesmo não estando em casa. 

O número de empresas em criação de animais de estimação, vendas, e cremação e funerais aumentou para 6.078 em 2018, em comparação com 4.180 em 2016. Havia mais de 4.000 prestadores de serviços independentes, como salões de beleza, creches e táxis para animais domésticos. O número de empregos criados pela economia de pets deve chegar a 41.000 em 2020, prevê o Instituto Econômico Rural da Coreia.

Até agora, os empregos relacionados a animais de estimação eram principalmente nas áreas de cuidados e veterinários, mas o Korean Kennel Club espera uma diversificação de habilidades daqui para frente. Motoristas de táxi para animais de estimação, designers de produtos e nutricionistas são alguns dos novos empregos emergentes.

Uma “babá de pet” leva vários cachorros para passear. Foto: Today’s Veterinary Business

Um escritório do distrito de Seodaemum, em Seul, está entre as muitas instituições que oferecem um programa educacional gratuito de mais de 100 horas para aspirantes a babás de pets. O programa é popular entre as mães que ficam em casa e que procuram trabalho particular de meio período. 

“Esperamos que isso ajude os candidatos a emprego a encontrarem vagas em cafeterias de animais, creches ou várias outras empresas do setor”, disse o prefeito do distrito, Moon Seokjin.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.