“Lightyear”, que segue a história de origem de Buzz Lightyear, um lendário patrulheiro espacial da franquia “Toy Story”, apresenta narrativas para todas as idades com uma animação que ultrapassa limites.

No filme, Buzz (dublado por Chris Evans), ao lado do seu gato robô companheiro, Sox (Peter Sohn), e três cadetes, embarcam em uma perigosa missão para encontrar o caminho de volta para casa através do espaço e do tempo. No entanto, ele é confrontado por um conquistador misterioso chamado Zurg que ameaça o universo.

Lightyear: Animadores coreanos contam como foi dar vida ao personagem em spin-off de 'Toy Story'
Folha de São Paulo

Dois animadores coreanos – o artista de layout Chun Sung-uk e a animadora 3D Lee Chae-yeon da Pixar Animation Studios – participaram da criação do spin-off de “Toy Story”. Ambos disseram que ficaram honrados em participar do projeto, já que cresceram assistindo os filmes da série “Toy Story”.

Lightyear: Animadores coreanos contam como foi dar vida ao personagem em spin-off de 'Toy Story'
Sunguk Chun – VFX Wire

“Estou tão orgulhoso do filme. Estou feliz com o resultado. Nós finalizamos o filme em casa devido à pandemia do COVID-19. É meio impressionante ver a escala completa do que a animação por computador pode fazer em uma tela grande”, disse Chun durante uma entrevista recente para o The Korea Times.

Como um diretor de fotografia em um filme de ação, um artista de layout coloca a câmera em um espaço 3D e cria o design geral das cenas. Para “Lightyear”, o estúdio criou sua própria câmera IMAX virtual para filmar as cenas em uma escala maior em comparação a projetos de animações anteriores.

Chun revelou que ele usou filmes de ficção científica, incluindo “Alien”, “Star Trek” e “Star Wars”, como referências para a criação de personagens em “Lightyear”. A equipe também fez uma pesquisa na NASA para inspirar a aparência das espaçonaves, trajes espaciais e o cenário em geral.

“Nós queríamos que tudo parecesse com um filme real mais do que com uma animação. Tivemos que transformar Buzz de uma versão de brinquedo para uma versão humana ‘real’”, disse ele.

Lee, uma animadora 3D, falou sobre o estilo de trabalho do diretor Angus MacLane, que também atuou como animador em “Toy Story” 2 e 3.

Lightyear: Animadores coreanos contam como foi dar vida ao personagem em spin-off de 'Toy Story'
Lee Chae-yeon – The Korea Times

“Foi realmente inspirador trabalhar com animadores tão talentosos. O diretor queria fazer um filme que parecesse real, então ele pediu por uma versão muito mais suave da personalidade de Buzz. Fazer parte de uma equipe exigiu uma grande responsabilidade, mas foi realmente emocionante para mim profissionalmente”, disse Lee.

Chun e Lee disseram que estão muito felizes em trabalhar na Pixar, uma terra dos sonhos para muitos animadores novatos no mundo todo.

“O estúdio dá uma chance justa para todos os trabalhadores aqui. Trabalhar com grandes colegas e aprender com eles é inspirador”, disse ele”. “Para aqueles que desejam trabalhar na Pixar, gostaria de incentivá-los a seguir seus sonhos. Eu me graduei em administração de empresas, mas depois viajei para os Estados Unidos para estudar animação 3D na Academy of Art University. Não foi fácil, mas foi muito divertido.”

“Há poucos coreanos que trabalham na Pixar, mas o número está crescendo. Mesmo que a gente não se conheça bem, é muito reconfortante saber que os coreanos estão tendo um bom desempenho”, disse Lee.

Lee também mencionou o público-alvo da animação. “Fãs da franquia Toy Story, filmes de ação e aventura de ficção científica e animações da Pixar-Disney irão gostar do nosso novo filme. E, claro, fãs de Chris Evans irão amar”, disse ela.

“Lightyear” estreou no Brasil no dia 16 de junho.

Assista ao trailer do filme:

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.