Uma legisladora com deficiência visual salientou que todos os anos, a última quarta-feira de abril é o Dia Internacional do Cão-Guia, pedindo mais esforços para aumentar a conscientização social e o interesse público pelos cães-guia.

Kim Ye-ji, do People Power Party, disse à rádio MBC no dia 28 de abril que não há país como a Coreia do Sul, que cria cães-guia com base no apoio de empresas privadas, acrescentando que outros países dependem mais de doações.

“A Korea Guide Dog School, especializada no treinamento de cães-guia, cães de serviço para deficientes auditivos e cães de apoio à reabilitação, opera com base no apoio financeiro do governo, mas não é muito ativa”, acrescentou.

Kim também explicou o processo de como os cães-guia são selecionados e como eles encontram pessoas com deficiência visual.

Na Coreia do Sul, os cães-guia são mais comumente Labrador-Retrievers.

“Isso porque a Coreia do Sul ainda não estabeleceu uma conscientização pública positiva sobre cães grandes. Em países estrangeiros, os cães pastores também são selecionados como cães-guia”, disse Kim.

A parlamentar é acompanhada por um cão-guia há 22 anos.

Parlamentar com deficiência visual pede por mais atenção aos cães-guias
Via: Koreaboo
Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.