A cidade de Seul planeja estabelecer uma fundação que lidará de forma abrangente com os problemas dos residentes estrangeiros como parte de seus esforços para aumentar a competitividade global da capital, afirmou o governo da cidade.

De acordo com funcionários do Governo Metropolitano de Seul, a cidade está considerando estabelecer a fundação, provisoriamente chamada de Fundação Global de Seul, para atrair trabalhadores estrangeiros qualificados e apoiar sua vida na cidade.

“A Coreia está se tornando uma sociedade multicultural à medida que o número de residentes de nacionalidade estrangeira aumenta. Estamos considerando estabelecer uma fundação que possa fornecer apoio abrangente aos estrangeiros“, disse um funcionário do governo municipal.

Em 2019, o número de residentes estrangeiros em Seul era 466 mil, representando 4,8% da população total da capital e se aproximando da definição da OCDE de uma sociedade multicultural e multirracial, na qual a população de residentes estrangeiros ultrapasse 5% do total.

Atualmente, o governo da cidade opera 18 instalações de apoio para residentes de nacionalidade estrangeira, incluindo o Centro Global de Seul e os Centros Globais de Bairros e centros dedicados aos trabalhadores estrangeiros, além de instalações de aconselhamento para migrantes casados. Os centros são administrados separadamente de acordo com os propósitos e objetivos das instalações, e dentro dos órgãos governamentais da cidade, vários departamentos são responsáveis por tais centros de modo separado.

O governo da cidade espera que a Fundação Global de Seul, se estabelecida, seja capaz de integrar essas funções e gerenciar de forma abrangente as instalações, bem como conduzir estudos sobre políticas relacionadas aos estrangeiros que vivem na cidade. Após a criação da fundação, também se planeja abrir pelo menos uma filial em cada um dos 25 distritos da cidade.

“O governo central também acredita que a Coreia precisa atrair trabalhadores estrangeiros qualificados para lidar com o envelhecimento da sociedade coreana e a diminuição da população. Nosso plano está de acordo com estas necessidades”, disse o funcionário.

“Por meio de estudos e medidas de apoio planejadas pela fundação, esperamos impulsionar a competitividade global de Seul para que trabalhadores estrangeiros qualificados venham se estabelecer aqui.” O responsável disse que a cidade vai alocar um orçamento no próximo ano para realizar um estudo que verifique a viabilidade da criação da fundação.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.