A equipe sul coreana de futebol masculino que participará das olimpíadas no Rio de Janeiro já está definida, mas isso não significa que o time que irá começar os jogos já esteja definido.

Com três jogadores que podem estar na maioria das posições, a competição se torna mais feroz. Mas eles mostram que, apesar de feroz, a competição é amigável. Os próprios jogadores falam que veem seus colegas de time como parceiros, e não como rivais a quem devem vencer a fim de se tornarem titulares nos jogos. Além disso, eles colocam que essa competição faz com que eles melhorem seu desempenho nos jogos.

Em casa posição do time olímpico, seja na lateral, no ataque, na defesa, no meio campo ou como goleiro, existem – pelo menos – dois jogadores competindo pela posição de titular. Entre eles, um irá passar a maior parte do tempo no campo e, o outro, no banco junto com a comissão técnica, esperando por uma oportunidade de entrar em campo. E é claro, os jogadores querem passar a maior parte do seu tempo no campo.

Dois amigos de longa data estão competindo pela posição de titular no gol: Gu Sung-Yun goleiro do time japonês Hokkaido Consadole Sapporo e Kim Dong-Jun, goleiro do time sul coreano, Seongnam F.C. A relação dos dois atletas fica evidente quando um fala sobre o outro. “Fiquei surpreso quando eu conheci Sung-Yun”, disse Dong-Jun. “Ele era rápido, ágil, e ainda por cima, era alto também. Depois disso, continuamos conversando e nos tornamos amigos. Esse é o meu primeiro ano e eu, frequentemente, ligo para ele pedindo conselhos”.

Os goleiros Kim Dong-Jun e Gu Sung-Yun. (Fonte: Yonhap news)
Os goleiros Kim Dong-Jun e Gu Sung-Yun. (Fonte: Yonhap news)

Sung-Yun expressou um sentimento similar: “Eu estou feliz que Dong-Jun está indo bem no seu time. Quando ele me liga dizendo que as coisas estão difíceis, eu o digo para aproveitar tudo o que pode”.

Dong-Jun ainda disse, “Nós somos rivais e não temos que esconder isso, mas podemos nos ajudar quando nos comunicamos e discutimos nossos jogos”. Sung-Yun adicionou, “Nós vamos juntos e esperamos voltar com uma medalha”.

Em outra posição a competição fica com Park Yong-Woo, jogador do time sul coreano Seul F.C, e Lee Chan-Dong do time sul coreano Gwangju F.C. Ambos estão disputando uma vaga de titular como volante (aquele jogador de meio de campo que joga de forma mais defensiva. Tem como função fazer a saída de bola para a defesa, e recuperar a bola, entre outros.)

Volantes: Park Yong-Woo e Lee Chan-Dong. (Fonte: google)
Volantes: Park Yong-Woo e Lee Chan-Dong. (Fonte: google)

Chan-Dong era um meio de campo importante para Shin Tae-Tong, o treinador do time olímpico. Entretanto, quando ele pensou que tinha garantido a sua vaga como titular, uma lesão no pé o fez ficar fora de importantes jogos. Isso fez com que Yong-Woo ganhasse uma oportunidade. O jogador se mostrou tão eficiente quanto seu colega de seleção. Agora com Chan-Dong recuperado, os dois tem que competir pela vaga de titular como volante, apesar de ambos não encararem a situação assim.

Yong-Woo jogou muito bem quando eu estava me recuperando”, disse Chan-Dong. “Mas eu não estou incomodado com isso. Eu não o considero meu rival. Nossos estilos de jogo são totalmente diferentes. Espero que possamos, como um time, ir bem nas olimpíadas. Esse é o ponto mais importante”.

Yong-Woo concorda. “Eu sou um intruso e me comparam muito com o Chan-Dong”. Yong-Woo também disse que não considera Chan-Dong como seu rival, mas sim como seu parceiro. E que eles trabalham juntos em busca de um objetivo em comum: a medalha olímpica.

Na área de ataque, Kwon Chang-Hoon tem sido importante para a seleção sub-23, mas ele encontrou um desafio recentemente – Song Heung-Min do time inglês, Tottenham Hotspur. Heung-Min tem 24 anos e, como a idade máxima para o futebol masculino olímpico é de 23 anos, ele será um dos três jogadores acima dos 23 que o time poderá levar, segundo as leis olímpicas.

Atacantes: Kwon Chang-Hoon e Song Heung-Min. (Fonte: google)
Atacantes: Kwon Chang-Hoon e Song Heung-Min. (Fonte: google)

Na defesa a competição fica entre quatro jogadores: Song Ju-Hun do time japonês, Mito Hollyhock, Jung Seung-Hyun do time sul coreano Ulsan Hyundai FC, Choi Kyu-Baek do time sul coreano, Jeonbuk Hyundai Motors e, mais um acima dos 23, Jang Hyun-Soo do time chinês Guangzhou R&F. Hyun-Soo é um jogador que pode atuar em várias áreas, mas provavelmente irá atual na defesa para ajudar o time.

Defesa: Song Ju-Hun, Jung Seung-Hyun , Jang Hyun-Soo e Choi Kyu-Baek. (Fonte: google)
Defesa: Song Ju-Hun, Jung Seung-Hyun , Jang Hyun-Soo e Choi Kyu-Baek. (Fonte: google)

O Brasil está preparando uma grande recepção para o time de futebol coreano que estreará em terras brasileiras, em São Paulo, com apoio maciço da comunidade coreana e dos fãs da Hallyu!! A seleção coreana enfrentará a Suécia, num amistoso pré-olímpiadas.

O jogo acontecerá dia 29 de Julho, sexta-feira, às 20h00 horas no Estádio do Pacaembú com entrada GRATUITA!!! NÃO É NECESSÁRIO FAZER NENHUM TIPO DE CADASTRO, APENAS COMPARECER AO LOCAL DO EVENTO.

Os Red Devils (붉은 악마 – Bulgeun Angma) contam com o suporte de todos os Brasileiros para fazer uma partida excelente e começar as Olimpiadas com o pé direito!

Mais informações, podem ser encontrados no link oficial do evento –  http://koreabrazil.net/n_comu/board/view.php?code=20140520194210_0663&p_code=20120222092849_1308&cb_table=20140520213521_2804&wr_no=6690


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.