Sistemas de diagnóstico por inteligência artificial, como o Watson da IBM na oncologia, estão sendo cada vez mais usados na industria médica, e uma equipe de pesquisa da Coreia do Sul anunciou planos para desenvolver um sistema de diagnóstico próprio para a Medicina Oriental.

A equipe de pesquisa, liderada pelo professor de medicina coreana, Kwon Yeong-gyu, da Universidade Nacional de Pusan, disse na segunda-feira que foi escolhido pelo Ministério da Educação e pela Fundação Nacional de Pesquisa da Coreia como beneficiário de um conjunto de suporte de ambas as instituições para iniciar esse novo projeto, que desenvolverá uma tecnologia de diagnóstico por IA para a Medicina Oriental nos próximos três anos.

Kwon, que lidera a pesquisa, disse “Esperamos demonstrar que, até no campo da medicina coreana tradicional, o sistema de diagnóstico por inteligência artificial pode ser adotado.”
Kwon, que lidera a pesquisa, disse “Esperamos demonstrar que, até no campo da medicina coreana tradicional, o sistema de diagnóstico por inteligência artificial pode ser adotado.”

Durante a década de 80, Kwon assumiu um projeto de negócio TDX, um sistema digital eletrônico de comuta coreano, comissionado pelo Instituto de Pesquisas em Eletrônicos e Telecomunicações para desenvolver um sistema de diagnóstico de Medicina Oriental.

Com a ajuda de hospitais e clinicas locais de Medicina Oriental, a equipe de pesquisa espera construir a partir da experiência e conhecimento anteriores de Kwon, com planos futuros para adicionar características únicas sobre medicina coreana como a tipologia Sasang, que divide as pessoas em quatro grupos baseando-se em seus traços biofísicos.

Kwon, que lidera a pesquisa, disse “Esperamos demonstrar que, até no campo da medicina coreana tradicional, o sistema de diagnóstico por inteligência artificial pode ser adotado. Esse projeto também ajudará o mundo da medicina coreana a ganhar reconhecimento,” ele adicionou.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.