Os sul-coreanos terão a opção de verificar convenientemente suas identidades por meio de um documento de identificação digital e todos os serviços civis poderão ser realizados de forma não presencial, via aplicativo, até 2025, disse o governo na quarta-feira.

A introdução planejada de carteiras de identidade digitais e outras medidas estão incluídas no segundo plano básico de cinco anos para o governo eletrônico divulgado pelo Ministério do Interior e Segurança.

O ministério apresentou “Um bom mundo apresentado pelo digital” como a visão do plano básico de governo eletrônico.

O plano prevê o aumento da taxa de conversão digital dos principais serviços públicos em 80% e a taxa de conversão de computação em nuvem do setor administrativo e público para 100% até 2025.

Ele também contém tarefas detalhadas para uma transformação digital no setor público, como inovação de serviço inteligente, fortalecimento da administração de dados e expansão da infraestrutura digital.

Especificamente, o uso de certificados eletrônicos, verificação de identidade digital e autenticação simples será expandido, disse o ministério.

Em particular, a carteira de motorista digital, que será lançada no final deste ano, deverá permitir uma identificação conveniente tanto online quanto offline, disse o relatório.

O governo disse que a aceleração da transformação digital também expandirá o escopo dos serviços públicos não presenciais, ajudando a nação a superar a crise da pandemia do coronavírus e retornar à vida normal mais cedo.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

12 + 14 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.