Bom dia ou boa noite gente! Abrindo uma exceção nos assuntos aleatórios, vim falar sobre o assunto mais falado na Coreia e nos países vizinhos nos últimos dias; A MERS.
Antes de qualquer coisa, quero lembrar a todos que não sou especialista no assunto, vou apenas reescrever o que LI em pesquisas, por isso darei crédito aos sites de onde me informei sobre o assunto. Enfatizo que não escreverei nada sobre este assunto com minhas palavras, pois não quero me responsabilizar por nenhuma informação erronia. Meu interesse é apenas repassar as informações pra quem não teve tempo de pesquisar sobre o assunto.
Mers-Virus 1A MERS (sigla em inglês) – Síndrome Respiratória do Oriente Médio, “foi identificada inicialmente em humanos em 2012 e é causada por um coronavírus da mesma família que originou a SARS. Contudo, a MERS tem uma taxa de letalidade maior, matando 38% dos contaminados, de acordo com a OMS.” “A origem dos casos de MERS na Coreia do Sul foi um homem de 68 anos, diagnosticado há duas semanas, após seu retorno do Oriente Médio, onde esteve por cerca de dez dias na Arábia Saudita, foco da doença. “
South-Korea-Mers-Virus“Tanto o coronavírus MERS quanto a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) causam uma infecção nos pulmões, febre, tosse e dificuldades respiratórias. Ao contrário do SARS, o coronavírus provoca falha renal e não tem qualquer tratamento preventivo.
Mais de 20 países foram afetados por este vírus, contra o qual não existe vacina ou tratamento. A maioria dos casos foram relatados na Arábia Saudita, onde mais de 400 pessoas morreram desde 2012.”
Mers-Virus“O caso de um médico infectado com a Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS-CoV), que manteve contato com mais de mil pessoas pouco antes de ser colocado sob quarentena, fez disparar ainda mais o alarme na Coreia do Sul. O médico, que tratou um dos 41 portadores do vírus sinalizados, começou a apresentar sintomas na passada sexta-feira, mas apenas foi colocado sob quarentena na tarde de domingo(…) No sábado, o médico participou numa reunião sindical que juntou 1.565 pessoas e durante o fim-de-semana assistiu a duas conferências profissionais.Mers-Virus 2Foi na segunda-feira que se confirmou que o médico é portador do MERS, o novo coronavírus que, de acordo com dados facultados pelas autoridades, fez quatro vítimas mortais na Coreia do Sul. Como primeira medida, as autoridades municipais da capital sul-coreana vão contatar cada uma das 1.565 pessoas que participaram na reunião sindical de sábado, disse à Efe um porta-voz do município.Mais de 1.100 creches, escolas e institutos suspenderam as aulas em todo o país, numa altura em que 1.600 pessoas foram colocadas sob diferentes graus de quarentena – em casa ou em instalações médicas próprias – a fim de evitar a propagação do vírus.”
Mers-Virus 3Fontes de pesquisas:
http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2015/06/coreia-do-sul-confirma-morte-de-quarto-paciente-com-mers.html
http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2015/06/mais-de-700-escolas-fecham-na-coreia-do-sul-pelo-virus-mers.html
http://www.sol.pt/noticia/395182
MersBom, aí estão as informações básicas sobre o que está acontecendo aqui na Coréia. Agora falarei um pouquinho sobre o que eu vi. No começo desta semana, eu havia escutado falar sobre isso apenas uma vez, por um amigo meu, brasileiro, que também mora aqui na Coreia (mas em outra cidade). Ele me contou, mas eu não fazia a mínima ideia de quão grave isso é. Até que terça feira, quando entrei no elevador para ir a aula, vi vários avisos colados, de como se prevenir, para comprar mascaras e talz, mas mesmo assim não percebi a gravidade. Aí fui andando pela faculdade e vi poucas pessoas usando máscaras, dia seguinte mais, e mais e mais e mais. Porém aqui eles usam máscaras com muita frequência mesmo, então beleza! Até que um dia cheguei pra almoçar, e tinham vários coreanos na entrada pedindo que os alunos primeiro lavassem as mãos pois quem não lavasse as mãos NÃO IA ENTRAR e não ia comer, foi então que comecei a entender a gravidade disso tudo.
Diario Da GigiNo sábado, 6 de junho, fui para Mokpo, uma cidade vizinha fazer compras, lá existem muitas coisas baratinhas, (vou falar sobre isso depois), e imaginei que que as pessoas estariam assustadas também, com máscaras, sei lá o que eu imaginei. Mas o que eu vi foi tudo o contrário, a impressão que eu tive é que as pessoas fora da Coréia estão mais preocupadas e dando mais atenção ao assunto. Se eu vi 4 pessoas usando máscaras foi muito, não vi nenhum tipo de anúncio falando a respeito.Diario Da Gigi 2Aqui próximo, onde eu estou, está tudo “normal”, mas soube por alguns amigos que moram em Seoul que lá as pessoas estão bastante preocupadas mas estão vivendo suas vidas normalmente. Eu, particularmente, estou tranquila, tomando as medidas preventivas como foi passado para os alunos. Eu ia tentar ir em um show do YongHwa (sim, o meu amado) em Seoul, no próximo mês. As vendas começaram hoje, e eu não comprei e não vou comprar, porquê né? Muita gente, na cidade onde tem o maior foco de vítimas… Deixa o YongHwa pra próxima!

Autora: Gisene Torres


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

4 COMENTÁRIOS

  1. Gi,
    Bom ter notícias suas! É ótimo saber destes vírus que quando se espalham viram epidemias e o que poderia ter ser evitado não foi feito. Lavar as mãos é o básico para a maioria das doenças.

  2. Nossa! Então, como nos doramas eles usam mesmo máscaras pra prevenir. e Gisene, se cuide por favor! E não pense mal disso, mas que tristeza, você perder o show de sua inspiração pra ir pra Coréia do Sul, mas tudo bem, sei que terá outras oportunidades e estarei aqui esperando notícias, cuide-se por favor! Fighting!

    • Sim, eles usam pra prevenir e pra não espalhar vírus quando estão doentes.
      Siiiiiiiiim muito tristeeeeeeeee não ver o Yong Hwa…mas é melhor viver e poder ir nos shows dele pro resto da vida ne?? hahahaha

      Obrigada!!!!! Bjs 🙂

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.